parallax background

Francisca Laia é médica que vale ouro

Francisca Laia é médica que vale ouro
Julho 24, 2018
Francisca Laia é a atleta feminina do ano
Outubro 17, 2018
 

Três medalhas de ouro… foi este o balanço da prestação da canoísta abrantina Francisca Laia nos Jogos Europeus Universitários, que terminaram na segunda-feira e decorreram em Coimbra.

Uma primeira medalha individual, conquistada em K1 200 metros femininos, a que se seguiram a estafeta mista de 500 metros e em K2 200 metros mistos, com David Varela.

Francisca Laia reconheceu à Antena Livre que os Jogos Europeus Universitários não podiam ter corrido melhor. “Acho que correu bastante bem pois consegui ganhar as três provas em que participei, uma individual e duas em conjunto com o David Varela, e estou bastante contente”, afirmou a atleta.

Na prova individual, em K1 200 metros, Francisca Laia reconheceu não ter conseguido arrancar bem pois “o arranque foi demasiado rápido mas depois consegui passar para a frente, cerca dos 80 metros, e consegui chegar à meta em primeiro lugar.

No que diz respeito às provas mistas, a canoísta explicou que já tinha participado em conjunto com David Varela no Campeonato Nacional Universitário, “que foi a prova que nos deu o apuramento para estes Jogos Europeus. Foi a segunda vez que competi com ele porque estas provas mistas não existem em Europeus e Mundiais Absolutos, só a nível universitário e penso que este foi o primeiro ano. Foi uma novidade e acho uma excelente ideia para repetir”.

Dentro de dias, Francisca Laia vai ainda disputar provas do Campeonato Nacional, em Montemor-o-Velho, em representação do Sporting, e vai já arrancar o último estágio de preparação para o Mundial, “onde vou competir em K4 500 metros. O trabalho está a ser feito e o objetivo é entrar na final, que seria a minha primeira final em Mundiais absolutos”.

Quanto aos Jogos Olímpicos, Francisca Laia responde com um “vamos ver”. “O apuramento é para o ano e, em princípio, o objetivo será esse em K4. Ainda é um bocadinho cedo para pensar nisso mas claro que já estamos a treinar com os olhos postos em Tóquio e no apuramento que é já no próximo ano na Hungria”, afirmou a canoísta.

Fonte (noticia adaptada): Antena Livre